Delírios, Reflexões e Ilusões Verborrágicas


Vermelho sangue
novembro 7, 2008, 4:53 pm
Filed under: Delírios, poesia

Já é noite.

Uma noite apocalíptica,

de lua vermelho sangue

e sussurros incompreensíveis.

 

Perdi-me pela rua.

Quando lembrei de ti

era tarde demais – 

o momento se esvanecera.

 

Deixei as horas correrem

e errei o timing

ao me perder nesta mania de inadequação,

de imersão neste eu-lírico

que não se responsabiliza por meus atos.

 

Ao dar-me por ti,

não estavas mais lá.

Anúncios


Acordo
novembro 3, 2008, 1:39 pm
Filed under: Delírios, poesia, Surtos

Acordo sufocada
brusca
e ofegante.

Meus sonhos são tão estéreis
quanto minha insônia.
A noite só me traz o silêncio.

Maíra Carvalho